Skip to content

O Pesadelo da Depressão em Idosos

Os casos de depressão em idosos é algo alarmante que já atinge quase 15% da população consideradas cidadãos da terceira idade. Certamente, essa que deveria ser a melhor fase da vida de uma pessoa, pode se tornar algo não muito bom.

Na verdade, a depressão é considerada o mal do século, pois atinge pessoas de todas as idades. A principio,  não se  tem uma causa certa, nem os motivos que podem desencadear esse tipo de problema, pois  podem ser os mais variados.

Mas os principais fatores associados a depressão em idosos, podem sim estarem totalmente relacionados a problemas de causa emocional, o que pode dificultar ainda mais qualquer tipo de tratamento.

Nos tópicos abaixo vamos falar exclusivamente desse assunto. As possíveis causas, os sintomas, e como lidar com uma pessoa idosa que está passando por esse tipo de problema. Saiba você que é obrigação dos jovens proporcionarem aos mais velhos uma qualidade de vida melhor.

Veja o que abordaremos:

O que é Depressão em Idoso?

O que é Depressão em Idoso
imagem coproduçao/ Google internet

Já existem vários estudos, sobre as possíveis causas fisiológicas e até alguns tratamentos para entender e até tentar lidar não só com a depressão em idosos no Brasil, mas no mundo todo.

Essa doença é fundamentalmente causada por problemas psicológicos e emocionais, que podem sim, resultar em problemas físicos. hoje já atinge grande parte da população mundial, em qualquer faixa etária, desde as crianças até as pessoas da terceira idade. E apesar de toda experiência de vida que essas pessoas têm, são as que mais sofrem.

As mais relevantes fatores associados à depressão em idosos podem ser:

  • Carência afetiva relacionada aos outros familiares.
  • Incapacidade física de realizar tarefas que antes eram consideradas fáceis.
  • Solidão e sentimento de exclusão social.
  • Crenças de que a aposentadoria os deixa incapazes profissionalmente.
  • Doenças físicas causadas pela idade.
  • Estresse mental crônico.
  • Genética propensa a esse problema.
  • Acontecimentos traumáticos como a perda do companheiro de vida.
  • Hiperatividade cerebral, ou seja, pensa nos problemas de todos da família, mas não consegue resolvê-los como antes.

Pessoas que sempre foram muito ativas que trabalhavam o tempo todo, tinham uma vida social agitada e agora não conseguem mais fazer o mesmo que antes, tendem a se sentirem inúteis, e é isso que agrava a doença

Em resumo, a diminuição da capacidade funcional e depressão, estão totalmente relacionadas, devido ás limitações que o avanço da idade impõe a essas pessoas, mas ao mesmo tempo é a doença que faz o quadro clinico piorar.

 Sintomas de Depressão em Idosos

Como já foi dito, essa depressão, também atinge pessoas de todas as idades. Nessa faixa etária, os principais sintomas são:

  • Dificuldade de memorização de eventos e ações.
  • Choro repentino
  • Tristeza e apatia momentâneas.
  • Vontade de fazer muitas coisas ao mesmo tempo pra provar que ainda é capaz.
  • Falta de vontade de fazer qualquer coisa que antes fazia com prazer.
  • Cansaço excessivo.
  • Distúrbios relacionados ao sono, seja excesso de sono ou falta dele.
  • Demonstrações de carinhos exagerados.
  • Irritabilidade aflorada.

Depressão pode causar problemas físicos, assim como os problemas físicos podem causar a depressão.

Depressão em idosos tem cura?

Não existe uma cura para depressão e ansiedade no idoso, assim como não existe uma cura para o mesmo problema em qualquer faixa etária. Afinal de contas, os sintomas são praticamente os mesmo, assim como os fatores que possam causar a doença.

Cada caso e um caso, cada pessoa pode ter uma evolução no quadro clínico e psicológico muito diferente um do outros. Entretanto, há tratamentos que podem melhorar de modo significativo a qualidade de vida do indivíduo acometido. Por isso, é essencial que a pessoa realize o devido acompanhamento com o profissional indicado.

Existem vários tipos de tratamentos, e estudos relacionados com a depressão em idosos de uma instituição de longa permanência (ILP) e proposta de ação de enfermagem, para se “tentar” melhor a qualidade de vida de quem sofre esse tipo de problema.

Como tratar a depressão no Idoso?

O principal “remédio” usado em qualquer tipo de tratamento, tentativa de curar ou ao menos melhorar a depressão em idosos, é ter paciência, responder amorosamente, entender que a ”depressão é uma doença e não uma frescura”.

Assim mesmo, existem ações que podem ser tomadas, para melhorar toda situação e a qualidade de vida do paciente, como por exemplo:

  • Sessões com terapeutas, psicólogos ou psiquiatras.
  • Atividades físicas leves.
  • Atividades intelectuais, como ler, fazer trabalhos sociais.
  • Medicação natural como florais para depressão em idosos.
  • Medicação receitada por um especialista.

Na entrevista que está no vídeo abaixo, uma psicóloga fala sobre a depressão em idosos, as causas mais prováveis e ainda ótimas dicas de como lidar com esse problema.

Jamais abandone as pessoas idosas, pois elas sempre têm algo a nos ensinar, e nos artigos do nosso blog Melhor Idade, tem sempre informações essenciais para cuidar dessas pessoas importantes em nossa vida, confira.